Ter uma câmera cara não faz de ninguém um bom fotógrafo.

escolha certo

Em primeiro lugar peço desculpas pelo longo tempo sem postar nenhuma notícia, novidade e burburinho do mundo fotográfico. Essa pausa foi interessante que me fez escolher 55 temas para postar durante as próximas semanas e dar aquela “cafeinada” nos posts, afinal esse blog se propõem em falar de fotografia e de um ícone nacional: o café.

Vamos falar sobre a mítica que envolve sobre quais equipamentos escolher, uma vez escutei que isso é uma doença que pega em até profissionais de peso que é a “equipamentite aguda”. A grande maioria que está aprendendo fotografia acredita que equipamentos caros ira fazer a diferença, em certa parte pode ate fazer, mais não é a primícia da boa fotografia. Tenha em mente que a fotografia é uma arte e quem faz a arte não é o equipamento, mais sim, o ser humano por trás de uma câmera.

Neste post não tenho a pretensão de criar comparações entre modelos A e B,  pois existe milhares de site de rewies muitos bons por sinal para isso. Porém a minha proposta e criar uma ideia do quem está envolvido na escolha e de que fatores devem ser analisados.

Quem está atrás da câmera

A escolha vai depender de quem está capturando, uma pessoa que tem o um bom olhar com uma câmera “Simples” irá registrar ótimas cenas ao contrario um com uma câmera de ponta ira fazer fotos razoáveis.

Equipamento com muitos recursos para alguém que não quer ter trabalho para operar sugiro entrar na linha das compactas ou powershot, não compre câmeras com lentes intercambiáveis e com cheios de recursos que você não vai tirar proveito e e vai ficar com ela sempre no Auto e isso vai ser uma heresia!rsrs .

Se não quer ter trabalho, gasta tempo, dinheiro com lentes, acessórios e livros não entre na onda de Semi-Profissionais, porque você gosta um “pouquinho” de fotografia ou porque meu parente tem uma, fuja pois não será de muita serventia.

Por outro lado se você já deseja se enveredar pelo mundo fotográfico pois aprecia e tem o desejo de aumentar seus estudos e sempre que pega uma câmera coloca no controle manual para saber como funciona os recursos como abertura, ISO, diafragma, etc recomendo entrar nas Rebel da Canon ou nas Nikon D3000 em diante.

Defina!

Definido quem é quem fica mais fácil, certo? Bom para a galera que já fotografa e deseja se aprofundar/Melhorar tenha em mente qual estilo fotográfico você vai seguir/escolher, pois se vai ser em studio, paisagem, retrato, evento, … desta forma irá  influenciar no seu equipamento e acessórios. Por exemplo: galera que fotografa em studio precisa de qualidade de imagem para impressão com diversas finalidades, porém conheço alguns que trabalham com rebel pois tem o ambiente de luz controlada e por isso não necessita ter  ISO muito alto para entregar bons trabalhos (pois essa câmera gera um alto ruído). Distinto de quem vai fotografar esporte, pois não vai ter luz controlada e o seu assunto vai estar em movimentação em grande parte das fotos.

Saiba escolher seu perfil.

Escolha…

Com isso já esclarecido agora e começar estudar mais detalhadamente cada estilo fotográfico e começar a pesquisar preços e conversar com que já fotografa para receber uns feedback interessantes.

Mas se você possui algum equipamento, tenha em mente que este é o melhor! Não cai na tentação de querer trocar assim que sai o modelo novo. Pergunte- se de maneira sincera: “Estou utilizando 100% minha câmera e seus recursos? Estou tendo a REAL necessidade de trocar devida a limitações que não tenho como transpor? Reflita sobre isso.

Bom acho que deu para ter uma pequena ideia do que escolher, provavelmente está lendo muito sobre isso, então continue a pesquisar para tomar uma sabia decisão.

Agora, deixe seu comentário sobre que equipamento você tem e porque escolher ele, valeu galera.

Leia Mais

Fotografias com efeito de Chamas

Lendo no blog da galera do Aurum Light que são feras com fotografias usando líquidos e outras técnicas criativas, achei esse artigo interessante que traduzi para os leitores do Fotografia Café.

Nosso objetivo é alcançar o efeito de fogo, sem o uso de Photoshop e sem a necessidade de expor a nossa modelo em chamas reais.

Para colocarmos a nossa bruxa em chamas eu montei uma  versão alternativa do traje.

Penso que a penas poderia imitar o sucesso do fogo …

… Demorei mais de oito horas para montar este capacete. Levando em consideração que cada pena foi colado individualmente, estou feliz por ter um mock-up.

 

aurumlight.com

Para obter o efeito mencionado, decidi usar uma técnica mista de iluminação, onde usaremos uma duração de flash rápido – para congelar o assunto –  uma luz de modelagem para uma fonte de luz contínua para queimar o movimento

Para complementar a cena foi utilizada uma fotografia gel.

Aqui está um pequeno vídeo da sessão de teste:

Esta técnica tem um potencial realmente emocionante! Você pode aplicar este efeito a diversos gêneros de fotografia, como esportes ou casamentos.

 

Saber o básico sobre como combinar a cor da sua fonte de luz ou seja flash – próximo à luz do dia e o balanço de brancos junto com o tungstênio é essencial.

Você pode fazer isso com muita precisão usando gel correção direito de tabelas de cores on-line:

 

Para capturar um efeito de luz você precisa tomar mais dois fatores em consideração:

– uma exposição longa

– e movimento

 

 

 

.

Durante mais de um segundo de exposição, usando a luz rim a esquerda que é a luz quente na cabeça da modelo você pode pedir para modelo sacudir levemente para trás e você captura continuamente ou pode sacudir a câmera …

Você vai precisar de alguns horas para se acostumar, mas tente experimentar, porque vale bem a pena o esforço!

http://www.AurumLight.com

Leia Mais

Dicas de Fotografia # 5: Seja seletivo

Foto: Ansel Adams

Discernir o que você está realmente interessado e o esforços em conseguir a melhor foto sobre este assunto é o motivo de ser bem seletivo. Seja ele uma vida,  seu cãozinho, um amigo, um assunto de família, um estado de espírito, um lugar… não importa o processo para escolha do assunto sempre deve  levar em consideração a viabilidade e a criatividade para obter.
Então não se esqueça de manter qualquer coisa que faça você se distrair fora de cogitação. Se você gosta de fotografar paisagem que é uma verdadeira arte, vá tão longe quanto Ansel Adams fez para eliminar elementos indesejados.

A maneira mais fácil de fazer isso e chegar ao limite de suas fronteiras – as bordas da visão que você vê no visor da câmera.

Evening, McDonald, Lake Glacier National Park (1942)

Pode tornar-se mais difícil se você quiser, por exemplo, disparar de um teleférico. Mas mesmo em tal caso, você tem muitas opções.

Concentre-se em um close-up que conte toda a história.

 

Veja as outras Dicas:

Dicas de Fotografia #1: Aproxime-se mais!

Dicas de Fotografia #2: Como ficar mais fotogênico!

Dicas de Fotografia #3: Seja Rápido!

Dicas de Fotografia #4: Companha a sua fotografia com cuidado!

Leia Mais

Dicas de Fotografia # 4: Componha a sua fotografia com cuidado.

Regra dos Terços - Fotografia Café

Mesmo que você não esteja planejando vender sua foto para o Smithsonian, faça todo o esforço para mantê-la equilibrada e bonita. Em um nível ou outro, todo aprecia melhor uma imagem que está com os elementos em equilíbrio.
Esforce-se para direcionar os olhos dos seus espectadores ao longo de um caminho interessante através de sua fotografia, com a utilização de linhas fortes ou padrões.

Mantenha o nível do horizonte.!

Trabalhe com a regra dos Terços!

Corte os elementos extras que você não está interessado!
Conscientemente coloque o assunto em que você acha que pertence a sua composição ao invés de apenas aceitá-lo onde quer que ele esteja.

Jogue com as perspectiva de modo que todas as linhas mostrem um padrão e ofereça um olhar único que é única e exclusivamente o seu.

Conheça algumas composições:

Fotografia Café - Linhas Verticais
Foto por Amy Helene Johansson

Linhas Verticais: Linhas verticais dirigem os olhos a lerem a cena para cima e/ou para baixo.
São linhas que passam a sensação de altura e rigidez.

 

Linhas Horizontais - Fotografia Cafeé
Foto por Mircea Marinescu

Linhas Horizontais: As linhas horizontais passam a sensação de largura e estabilidade.

 

Composição Fibonacci - Fotografia Café
Foto por Jake Garn

ESPIRAL DOURADO ou RETÂNGULO DOURADO (Golden Spiral ou Golden Rectangle): Assim como a Regra dos Terço e o Triângulo Dourado, a Espiral Dourada serve de orientação para a composição de fotografias.

 

Leia Mais