RAW: O que é? Por que devo usar?!

RAW: O que é? Por que devo usar?!

O negativo da fotografia Digita!

Por que devo fotografar em RAW? Já me perguntaram isso algumas vezes. Desconhecido para muitos, geralmente amadores, essencial para profissionais.  Mesmo geralmente sendo classificado como simplesmente um formato de arquivo, ele é muito mais do que isso, vamos enter porque. Mas antes de tudo, se a sua câmera tem essa opção, habilite prontamente antes mesmo de concluir a leitura desse artigo.

O que é RAW?

O arquivo RAW, que traduzindo do inglês significa  “cru”,  é uma outra forma em que sua câmera pode salvar a fotografia. Geralmente deixamos a opção JPG (ou JPEG), ativado para salvar os arquivos, pois quando o RAW está habilitado “enche” nosso cartão de memoria rapidamente. Devemos primeiramente entender que o jpg são os dados gravados com uma máxima compressão, para diminuir seu tamanho em megabytes, sem alterar tons e cores, com isso, sofre perda de muitas informações.

Deste modo, o formato “cru” ou RAW salva a imagem de maneira completa, com todos os detalhes possível, por isso ela ocupa tanto espaço pois seu tamanho pode chegar a ser o dobro do JPG. Lembre-se por se um arquivo sem edição ou compactação,  pode ocorrer diferença nas cores e nos tons de ambos os formatos.

Canon e Nikon

Visto que entendemos o que é o RAW, vale lembrar que cada fabricante criou seu formato nativo. Popularmente estes formatos são conhecidos desta maneira, porém o RAW da Canon, por exemplo, usa as extensões .crw e .cr2, enquanto o da Nikon cria arquivos .nef. Os formatos RAW são todos únicos e proprietários, portanto são incompatíveis entre eles.

RAW, Escolha de formato

 

No Fim, RAM ou JPEG  para  usar?

Minha sugestão e usar os dois, se você ainda não está dominando o photoshop ou Lightroom para edição de imagem no momento, escolha a opção RAW + JPEG em sua câmera, para que futuramente quando estiver dominando a edição você possa retorna nessas fotografias. Tudo bem que vai ocupar mais espaço, porem você vai ter seu negativo intacto.

Deixe seu comentário sobre como você trabalha com arquivos RAW e JPG.

Leia Mais

Regra dos Terços na fotografia

Regra dos Terços

O que é?

É o conceito de visualizar o assunto em que está fotografando em duas linhas horizontais e duas verticais. As quatro interseções criadas entre elas são os pontos que os olhos tem maior interesse. Com isso manter o que está sendo fotografado em uma dessas interseções criara uma maior harmonização da imagem final. Fotografar um assunto centralizado não quer dizer que estará bem equilibrado.

Para facilitar a vida de quem está fotografando muitas câmeras já vem com essa função ativada ou com esse opcional em suas configurações.

Funciona?

Em 99% dos casos sim, vai ser a forma harmoniosa de transmitir seu olhar. Repare que muitas  pessoa param e olham uma fotografia e diz que gostou muito, – tirando o objeto fotografado que está em foco é claro, dizendo que está harmoniosa, bem feita e aquilo outro. Porém esse efeito de não sabe explicar, é porque a regra dos terços  está sendo aplicada e de maneira subjetiva o cérebro compreendendo a harmonia da construção com os pontos de interesse, que é as interseções.

Regra dos Terços - Fotografia Café

Talvez você esteja se perguntando, “Mais a regra dos terço não e para pintura  e obras de arte?” Sim, de fato é aplicada com bastante atenção na sua construção, mais a fotografia também é uma arte. Bons fotógrafos já olham para o objeto que desejam clicar e já está em sua mente a aplicação da regra dos terço em sua composição.

Regra para boas fotografias?

Não é uma regra, mais se você que fugir de fotos que não chamem a atenção e da mesmice fotográfica, é uma ótima pedida.

Neste post sobre  como compor fotografia com cuidado abordos sobre algumas regras que podemos utilizar usando o conceito das regras dos terços.

Leia Mais

Dicas de Fotografia # 5: Seja seletivo

Foto: Ansel Adams

Discernir o que você está realmente interessado e o esforços em conseguir a melhor foto sobre este assunto é o motivo de ser bem seletivo. Seja ele uma vida,  seu cãozinho, um amigo, um assunto de família, um estado de espírito, um lugar… não importa o processo para escolha do assunto sempre deve  levar em consideração a viabilidade e a criatividade para obter.
Então não se esqueça de manter qualquer coisa que faça você se distrair fora de cogitação. Se você gosta de fotografar paisagem que é uma verdadeira arte, vá tão longe quanto Ansel Adams fez para eliminar elementos indesejados.

A maneira mais fácil de fazer isso e chegar ao limite de suas fronteiras – as bordas da visão que você vê no visor da câmera.

Evening, McDonald, Lake Glacier National Park (1942)

Pode tornar-se mais difícil se você quiser, por exemplo, disparar de um teleférico. Mas mesmo em tal caso, você tem muitas opções.

Concentre-se em um close-up que conte toda a história.

 

Veja as outras Dicas:

Dicas de Fotografia #1: Aproxime-se mais!

Dicas de Fotografia #2: Como ficar mais fotogênico!

Dicas de Fotografia #3: Seja Rápido!

Dicas de Fotografia #4: Companha a sua fotografia com cuidado!

Leia Mais

Dicas de Fotografia # 4: Componha a sua fotografia com cuidado.

Regra dos Terços - Fotografia Café

Mesmo que você não esteja planejando vender sua foto para o Smithsonian, faça todo o esforço para mantê-la equilibrada e bonita. Em um nível ou outro, todo aprecia melhor uma imagem que está com os elementos em equilíbrio.
Esforce-se para direcionar os olhos dos seus espectadores ao longo de um caminho interessante através de sua fotografia, com a utilização de linhas fortes ou padrões.

Mantenha o nível do horizonte.!

Trabalhe com a regra dos Terços!

Corte os elementos extras que você não está interessado!
Conscientemente coloque o assunto em que você acha que pertence a sua composição ao invés de apenas aceitá-lo onde quer que ele esteja.

Jogue com as perspectiva de modo que todas as linhas mostrem um padrão e ofereça um olhar único que é única e exclusivamente o seu.

Conheça algumas composições:

Fotografia Café - Linhas Verticais
Foto por Amy Helene Johansson

Linhas Verticais: Linhas verticais dirigem os olhos a lerem a cena para cima e/ou para baixo.
São linhas que passam a sensação de altura e rigidez.

 

Linhas Horizontais - Fotografia Cafeé
Foto por Mircea Marinescu

Linhas Horizontais: As linhas horizontais passam a sensação de largura e estabilidade.

 

Composição Fibonacci - Fotografia Café
Foto por Jake Garn

ESPIRAL DOURADO ou RETÂNGULO DOURADO (Golden Spiral ou Golden Rectangle): Assim como a Regra dos Terço e o Triângulo Dourado, a Espiral Dourada serve de orientação para a composição de fotografias.

 

Leia Mais

Dicas de Fotografia # 3: Seja Rápido!

Dicas de Fotografia # 2: Seja Rápido!

Faça todo o possível para mover-se e posicionar-se rapidamente em relação ao seu objeto. Fotografias como crianças, raios, esportes e outras não vão simplesmente esperar por você, fotografe de imediato.

Como o lema de alguns fotografo, “Fotografe primeiro, perguntar depois”.

Pratique, Pratique, Pratique, fique cada vez mais hábil em seus disparos e acostumados com seus controles.

Um grande exemplo das recompensas de estar familiarizado com seu equipamento e de Ansel Adams em sua fotografia “Moonrise, Hernandez, New Mexico”. Somente alcançados por ser capaz de trabalhar rapidamente.

Leia Mais